A importância dos Primeiros 1.000 dias

10 fevereiro 2020


Você sabe o que são os primeiros 1.000 dias? 

Imagem de Mylene2401 por Pixabay

Geralmente os papais e mamães sabem que os primeiros dias de existência do feto/bebê requerem atenção e esforços redobrados. Mais do que isso, que os cuidados com a criança começam ainda na gestação. 

Contudo não são informados que os primeiros 1.000 dias são essenciais para o futuro do(a) seu(a) filho(a). Cada vez mais pesquisas mostram que o início da existência do bebê é determinante para criar os padrões físico, emocional, cognitivo e metabólico dele, dali em diante. 

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, os cuidados da mãe na gestação, parto e nos primeiros dois anos do bebê são fundamentais para a saúde do indivíduo durante o resto de sua vida, pois é no começo que se pode influenciar o que acontecerá no resto dela. Afinal, é nesse período que cada célula do corpo está sendo formada e programada. O crescimento e o desenvolvimento nesse período são maiores do que durante toda a existência. Por isso, ele é considerado uma fase tão especial, um intervalo de ouro, que pode mudar radicalmente o destino da criança, não apenas em termos biológicos, mas também em questões intelectuais e sociais. 

Essa fase, que engloba os 270 dias da gestação mais os 365 dias do primeiro ano e os 365 dias do segundo ano de vida, tem um impacto enorme na saúde física e na estrutura emocional da criança, repercutindo ao longo dos anos futuros. 

Para se ter uma ideia do que ocorre neste período, durante o primeiro ano o peso do bebê quadruplica e o comprimento aumenta em aproximadamente 50%; seu cérebro triplica de tamanho e desenvolve mais de 80% da sua capacidade. As experiências do feto/bebê durante os primeiros mil dias também modulam a programação metabólica e a expressão genética, interferindo, de maneira irreversível, no curso da vida. É como se o bebê pudesse prever o ambiente em que vai viver através da placenta, do leite materno e das primeiras experiências e, a partir daí, conseguisse ativar ou desativar alguns interruptores para melhor se adaptar. Assim, esse intervalo de tempo é uma janela de oportunidades em termos de cuidados com o organismo pois ocorre uma espécie de programação física e metabólica do que muito provavelmente irá acontecer no resto da vida, configurando um período crucial para a prevenção de doenças, para o amadurecimento dos sistemas nervoso e imunológico e também para a implantação de bons hábitos de saúde. 

- Prevenção de obesidade e doenças relacionadas 
- Melhora da imunidade 
- Desenvolvimento intelectual favorecido 
- Estímulo ao crescimento saudável 
- entre outros 

Desta maneira fica evidente a importância da prevenção e do cuidado durante essa fase de ouro da vida, uma vez que seus reflexos serão vistos no decorrer de toda a existência...

Nenhum comentário:

Postar um comentário